O método educativo no Movimento - Um Movimento na Igreja

O método educativo do Movimento

Os fatores do método educativo de Dom Giussani

"Desde a minha primeira aula na escola, eu sempre disse: 'Não estou aqui para que vocês considerem como suas as ideias que eu lhes transmito, mas para lhes ensinar um método verdadeiro para julgar as coisas que eu lhes direi. E as coisas que eu lhes direi são uma experiência que é o resultado de um longo passado: dois mil anos'. O respeito por este método caracterizou, desde o início, o nosso empenho educativo, indicando com clareza o seu objetivo: mostrar a pertinência da fé com as exigências da vida".

O método educativo de Dom Giussani pode ser sintetizado em cinco fatores:

a) O acontecimento de um encontro

Quem encontra o Movimento descobre uma experiência que reconduz à fé transmitida por séculos na Igreja católica (tradição). A fé é "proposta como a suprema racionalidade, porque o encontro com o acontecimento que a veicula gera uma experiência e uma correspondência ao humano impensada, impensável".

b) Lealdade à tradição

"Para educar, é preciso propor adequadamente o passado. Sem essa proposta do passado, do conhecimento do passado, da tradição, o jovem cresce problemático ou cético". "Tal tradição funciona para o jovem como uma espécie de hipótese explicativa da realidade".

c) Autoridade: existencialidade de uma proposta

"O passado só pode ser proposto aos jovens se for apresentado dentro de uma vida vivida no presente que ressalte a correspondência desse passado com as exigências últimas do coração". Esta tarefa é realizada pela autoridade: pessoas que, conscientemente, vivem e propõem a tradição, mostrando suas razões.

d) Educação à crítica e verificação pessoal

A tradição proposta deve ser, depois, verificada pessoalmente, isto é, comparada com as próprias exigências e evidências últimas. Somente assim, no impacto com o ambiente e a realidade inteira, não se é alienado ou homologado à cultura dominante.

e) O risco necessário à liberdade

O confronto com o mundo expõe o jovem ao risco de escolhas ou orientações diferentes daquelas indicadas pelo educador. Tal risco é inevitável e necessário para que a personalidade amadureça realmente e a liberade se jogue em toda a sua potencialidade.

© Fraternità di Comunione e Liberazione. CF 97038000580 / Webmaster / Note legali / Credits