Memores Domini - A fecundidade do carisma

Memores Domini

A Associação Memores Domini reúne pessoas de Comunhão e Libertação que seguem uma vocação de dedicação total a Deus vivendo no mundo. Os fatores fundamentais da vida dos Memores Domini são a contemplação, entendida como memória tendencialmente contínua de Cristo, e a missão, isto é, a paixão por levar o anúncio cristão à vida de todos os homens.

O Memor Domini é um leigo que vive livremente uma existência totalmente imersa no mundo com uma total responsabilidade pessoal e que se empenha na missão vivendo o próprio trabalho profissional como o lugar da memória de Cristo. Os associados pretendem seguir uma vida de perfeição cristã praticando os conselhos evangélicos – obediência, pobreza, virgindade – como, em continuidade com a tradição da Igreja, foram propostos e ensinados por Dom Luigi Giussani.

Os Memores Domini – chamados também de "Grupo Adulto" – vivem comunitariamente em casas cujo objetivo, sustentado pelo clima de silêncio, pela oração comum e pelo compartilhamento fraterno, é a edificação recíproca na memória de Cristo, em vista da missão.

A Associação tem origem em Milão, em 1964, e depois de se ter difundido em várias dioceses italianas, foi erigida canonicamente no dia 14 de junho de 1981 pelo Bispo de Piacenza, Dom Enrico Manfredini. No dia 8 de dezembro de 1988, os Memores Domini foram aprovados pela Santa Sé, que reconhece sua personalidade jurídica como Associação Eclesial Privada Universal.

Os Memores estão presentes em mais de trinta nações.
Atualmente o Dr. Carlo Wolfsgruber exerce a função de Presidente, enquanto eleito pelo Conselho Diretivo da Associação. O Conselheiro Eclesiástico, nomeado pelo Pontifício Conselho para os Leigos, é o padre Julián Carrón.

_____________________________________________

> Para um aprofundamento sobre os "Memores Domini"

_____________________________________________

© Fraternità di Comunione e Liberazione. CF 97038000580 / Webmaster / Note legali / Credits