Páscoa 2015. O Cartaz de Comunhão e Libertação - Outras Notícias

Páscoa 2015. O Cartaz de Comunhão e Libertação

30/03/2015

Como todos os anos, o Movimento de CL propõe uma imagem artística e um texto como ajuda a viver a Santa Páscoa.

Neste ano a imagem é: Caravaggio, Vocação de São Mateus (detalhe), 1599/1602. Igreja de São Luís dos Franceses, Roma.

O texto de Papa Francisco foi extraído da Audiência com Comunhão e Libertação por ocasião dos 10 anos da morte de Dom Luigi Giussani e dos 60 anos do movimento. Roma, Praça de São Pedro, 7 de março de 2015.

Eis o trecho:

Tudo na nossa vida, tanto hoje como na época de Jesus, começa com um encontro. Um encontro com este Homem, o carpinteiro de Nazaré, um homem como todos e, ao mesmo tempo, diferente. Pensemos no Evangelho de João, onde ele descreve o primeiro encontro dos discípulos com Jesus (cf. 1, 35-42). André, João e Simão: eles sentiram-se fitados até no seu íntimo, profundamente conhecidos, e isto gerou neles uma surpresa, uma admiração que, imediatamente, os levou a sentir-se ligados a Ele...
Falando sobre o encontro, vem-me ao pensamento «A vocação de Mateus», o quadro de Caravaggio que eu admirava prolongadamente em São Luís dos Franceses, cada vez que vinha a Roma. Nenhum daqueles que estavam ali, nem sequer Mateus, ávido de dinheiro, conseguia crer na mensagem do dedo que o indicava, na mensagem daqueles olhos que o fitavam com misericórdia e o escolhiam para o seguimento. Sentia o enlevo do encontro.
O lugar privilegiado do encontro é o afago da misericórdia de Jesus Cristo.
(Papa Francisco)

© Fraternità di Comunione e Liberazione. CF 97038000580 / Webmaster / Note legali / Credits