Eleições europeias: Uma presença para a necessidade do mundo

No aguardo das eleições de maio, o panfleto de Comunhão e Libertação sobre a Europa, frente às eleições europeias. «De onde podemos recomeçar? Que sentido tem empenharmo-nos no bem comum?»

As eleições europeias obrigam-nos a alargar o olhar, a olhar para além do horizonte das nações individuais, por mais que as dificuldades internas de cada país da UE sejam pesadas e toquem mais diretamente a vida de cada um de nós.

No passado existiam certezas partilhadas, nas quais todos, de alguma maneira, se reconheciam. Hoje já não é assim. Estamos a viver uma fase completamente nova da história, caraterizada por um enfraquecimento cada vez mais evidente do interesse pela realidade e, em muitos casos, por uma passividade que paralisa. A experiência quotidiana é marcada por interrogações recorrentes: como conviver com quem é diferente de nós? Por quê constituir família, estabelecer relações duradouras? Como educar os filhos? Que sentido tem empenharmo-nos
no bem comum?

Não são poucos os que estão desorientados e se perguntam como ultrapassar aquela insegurança existencial que mata a esperança e bloqueia a capacidade de encontro, de diálogo e de iniciativa, a todos os níveis...

Faça o download:

Europeias 2019. Uma presença para a necessidade do mundo