#Coronavírus

Bocatas. Diante de um tsunami

MundoJesús de Alba

O Coronavírus trouxe uma avalanche de necessidades, mas também uma superabundância de ternura nos corações que se abrem e buscam um lugar no qual possam dar a vida. Como esta atividade em Madri

O mosteiro da Cascinazza

Um contínuo “eis-me aqui”

EncontrosPaola Ronconi

O valor do instante. E a colaboração ao bem do mundo. Pe. Sergio Massalongo, superior do mosteiro da Cascinazza, conta na Passos de maio porque “o nosso sim a Cristo já é a contribuição para a salvação de todos os homens hoje”

O Coronavírus e o «perfume do acontecimento»

AtualidadeMaurizio Vitali

A pandemia e a consciência de si. O diálogo, organizado pela Universidade Bicocca, entre Julián Carrón e os psicoterapeutas Fabrizio Asioli e Giovanni Stanghellini. Três modos diferentes, mas consonantes, de descrever o que está acontecendo

Maurizio Maggiani (Foto: Valerio Pennicino/GettyImages)

Maurizio Maggiani, a mudança da vida

EncontrosAlessandra Stoppa

A atividade da pergunta como “bem primário” neste tempo inédito e dramático. Agora que a realidade irrompeu, depois de uma época em que parecia não poder haver nem “mais”, nem “melhor”, estamos numa crista. A entrevista da Passos de maio

Como Jesus me faz sentir amado

Cartas

Um grupo de amigos se organiza para levar o jantar a médicos e enfermeiros que tratam de pacientes com Covid no hospital de Forli. Donato è um deles. Que, a um certo ponto, se pergunta: «Por que continuo a voltar aqui?»

Conhecer a Cristo, costurando máscaras

Cartas

«Queria saber mais sobre Jesus...» Essa pergunta de uma amiga desconcertou Elena e a pôs em marcha. No fundo, diz a si mesma, é o seu mesmo desejo. Uma energia que acaba por envolver os moradores do seu bairro

Rímini, nos Exercícios de 2019

O silêncio me ajuda a olhar ao meu redor

Cartas

Os Exercícios Espirituais não puderam ser feitos, mas Rosalba decidiu depositar no fundo comum a mesma quantia que ia gastar na inscrição. «Seguindo o Movimento, mesmo neste período, nos damos conta todo dia do que estamos vivendo»

O que vence toda manhã

Cartas

Médico num hospital durante a pandemia, uma situação impensável para a qual acreditava estar preparado. Mas logo vieram o desconforto e a sensação de inutilidade. No entanto, «eu me dava conta de que algo dentro de mim resistia»

Nem as proteções podem atrapalhar o coração

Cartas

Cuidados intensivos no hospital de Cagliari, lutando contra o Coronavírus. Qualquer gesto que antes era rotineiro agora pode converter-se numa Graça. A experiência de um médico

Alejandro Marius

Venezuela. «Uma conveniência humana para mim»

MundoAlejandro Marius

Ele em Caracas, com suas quatro filhas, e sua mulher presa na Espanha, por causa da pandemia. Aqui ele narra sua «luta para ela voltar, mas com a tranquilidade de poder viver caso isso não ocorresse»

Com a mulher Alexandra
Padre Claudio Burgio

Padre Burgio: «Tudo será para um bem»

AtualidadeGiorgio Paolucci

Às portas de Milão, a vida de cinquenta jovens da comunidade Kayrós na “clausura” do isolamento. Que quer dizer para eles, que já têm histórias difíceis às costas? «Diante de certas perguntas, os slogans não bastam», diz o fundador da obra

«Com todos, nós compartilhamos a mesma pergunta»

Cartas

Um professor se conecta por vídeo com um grupo de estudantes muçulmanos. Falam do medo, das preocupações e do fechamento das escolas. Logo alguém introduz a questão de Deus, e do sentido desta provação

«Todo homem vale»

Cartas

Diante da possibilidade do contágios por coronavírus dentro dos presídios, um juiz precisa tomar decisões que vão além das ideologias para preservar as vidas, atento «à voz de Cristo que me fala baixinho ao ouvido»

Uma <em>villa</em> em Buenos Aires

Nas villas, a comunidade combate o vírus

MundoMonica Poletto

O medo da epidemia na periferia de Buenos Aires, entre a pobreza e a impossibilidade de isolamento. E onde um grupo de padres cuida do próprio povo. Padre Charly Olivero nos contou como está sendo

Uganda. «O que me falta ficando em casa?»

Cartas

Medidas restritivas também em Uganda. Com a universidade parada e as provas canceladas, a vida corre relaxada na internet. «Numa situação quase perfeita sob certos aspectos, até que o coração começou a gritar..»

«Os olhos de Deus sobre o meu povo»

Cartas

Quarenta e cinco caixões no lugar dos bancos de uma paróquia de Bérgamo. O relato de um jornalista chamado a contar o drama de sua terra e de seu povo: «Não estão sozinhos, não estão abandonados...»